Olá, pessoal! Vamos de Resenha?!

Enquanto os Homens Dormem






Enquanto os Homens Dormem- Até agora
Autor(a): Elayne Amorim
ISBN-10: 8565441229
Ano: 2014
Páginas: 306
Editora: Interagir
Sinopse:

Ângela, uma imortal criatura bela, enigmática e sedutora vê-se num cenário muito distante do seu. Insegura com o rumo que sua eterna existência tomou e longe de Jean, seu ex-intenso e conflituoso amor, conhece Miguel, um homem tranquilo, muito atraente e que a envolve de forma intensa e singular. Porém, ao conhecer sua família, ela suspeita que aquele por quem está se apaixonando pode ser uma ameaça e um de seus maiores oponentes. E, sem que ela saiba de sua proximidade, Jean em uma de suas raras e tensas reaparições tem a trajetória colidida à da bela Laica e a paixão entre eles explode, paradoxalmente: terna e brutal. Quente e inexorável.
Então, o destino de seu ex-eterno amor agora flui na mesma frequência oscilante e duvidosa que o seu: reféns daqueles com quem jamais poderiam ou deveriam compartilhar amor e prazer.
Quem são eles? De onde vieram? Para onde todos esses desencontros e encontros os levarão?

Enquanto os Homens Dormem - Até Agora, foi uma leitura maravilhosa, confesso que há tempos não leio um livro com tanta pena de acabar. Fiquei intima dos personagens, queria mergulhar nas páginas e me transportar para o seu mundo.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de vários personagens. Dentre eles conhecemos Ângela e Laica, ambas imortais, mas muito diferentes. Ângela é uma vampira, que após fugir de seu passado sangrento e repugnante, apaixona-se por Miguel, um humano que também tem seus segredos. Quando o passado da vampira retorna para lhe cobrar, todo o futuro que ela deseja pode ir por água a baixo.

Laica é uma loba, a única fêmea que ela conhece até então, que desde jovem transformou-se, e partiu floresta a dentro em busca de saber mais sobre si e como é ser lobo. Presenciamos seu primeiro encontro com outros lobos e o funcionamento de uma alcateia. Essas partes principalmente foram muito interessantes para mim e me fizeram ficar com os olhos grudados nas páginas.




A partir daí a história se desenrola e o caminho de ambas se entrelaça. Gostei muito da escrita da autora. Confesso que pela primeira vez prefiro o time dos Lobos e por isso gostei mais da Laica. As cenas, as descrições, tudo é feito com muito primor. As descrições dos lobos, sua mitologia me encantou profundamente. Fiquei horas e horas me imaginando na floresta densa em meio as criaturas da história.

Em alguns momentos achei várias semelhanças com crepúsculo, mas isso não me incomodou, pelo contrário, eu amei, e como disse e ressalto foram semelhanças, nada igual. Mais uma vez tenho que ressaltar, a escrita da autora é muito boa, fluída e por vezes remete à poesia, consegui visualizar perfeitamente toda a sua descrição de cenas.




O livro diferente da maioria não é dividido em capítulo, mas sim em partes, totalizando seis partes, hora narradas por Ângela, hora por Laica. A autora está de parabéns pelo mundo fantástico e intrincado que crio. É impossível sentir vontade de largar o livro! Terminei essa leitura sedenta pela continuação.

A diagramação do livro é belíssima e deixa a leitura ainda mais envolvente, confesso que foi uma aventura que me surpreendeu e que recomendo bastante para quem gosta dessas criaturas e de personagens com personalidades fortes e cativantes.

XoXo!